TCC: Uma Jornada, Parte 4

Equipe Como Fazer

Olá, pessoal, tudo bom?

Na postagem anterior do Como Fazer, aprendemos a identificar alguns inimigos do trabalho acadêmico e no post dessa semana vamos dar algumas dicas de aliados para te ajudar nas tarefas e organização do seu TCC.

REUNINDO ALIADOS 

Douglas Leal  
Revisado Por: Cristiane Machado

Antes de iniciarmos reunindo  nossos aliados, relembraremos  nossos inimigos são eles: o ciclo da insegurança, o plágio, o orientalismo e os objetivos não cumpridos e não aprender. Agora que sabemos quem eles são podemos perceber que precisamos de aliados específicos para nos ajudar a combater cada um deles, por isso devemos ir por partes. 

Todos temos um processo único, e muitas vezes o que funciona para mim nao irá funcionar para você,  por isso, o primeiro passo é testar tudo aquilo  que você achar interessante e adaptar a sua própria realidade e experiências. , Dito isto,  irei propor o meu processo, e sinta -se à vontade   para testar e  ver se funciona com você.

Organização x ciclo da insegurança :

Quando eu falo em organização estou falando em praticidade e simplificar o meu dia a dia, e ao meu ver ter tudo centralizado em um ou em poucos lugares é essencial. Por isso eu acredito que o Google drive é o melhor “conglomerado” de serviços que você pode utilizar para centralizar todas as suas tarefas do TCC; o google oferece app de email, lista de tarefas, app de reuniões, e tudo isso sincronizado com o calendário. Além de oferecer editor de documentos planilhas e apresentações realmente tudo para você centralizar as tarefas do projeto de pesquisa. Pensando nisso elaborei um infografico para exemplificar o uso dos apps na organização do TCC

Mas mesmo  tendo todas essas ferramentas eu não abandonei a praticidade de ter uma agenda física. Todo o meu processo de pesquisa foi idealizado no meu diário de tcc,(falarei  sobre ele mais pra frente em uma futura postagem), mas vale dizer que sem ele nunca teria recebido uma nota 10 na minha monografia, porque além de me ajudar na minha organização, toda vez que eu tive uma ideia ou encontrei uma nova referência eu anotava lá. E mais uma vez o conceito de manter tudo centralizado em um único lugar ajuda muito.

Até agora falei sobre ferramentas e controle de tempo, e para mim isso é ótimo eu passo muito tempo em planejamento e executando essas tarefas,porém mais importante do que se comprometer com esse planejamento é não se sobrecarregar e manter um equilíbrio entre as tarefas e dar um tempo para você cuidar de si! Vá assistir uma série, escutar música, vale até mesmo dar um tempo para não fazer nada; mas é realmente necessário que você se dê um tempo. 

Dicas para descansar a cabeça e mesmo assim aprender mais sobre a Hallyu:

Chicago Typewriter
Três pessoas que vivem durante a ocupação japonesa da Coréia na década de 1930 são reencarnadas nos dias atuais.
Rookie Historian Goo Hae-ryung
O espírito livre Goo Hae-ryung embarca em uma nova vida como estudioso na corte real de Joseon depois de ouvir sobre um cargo no governo para historiadoras.
Serie Reply: 88, 94 e 97
Retrato fiel da vida, costumes, cultura popular e relacionamentos em cada um dos anos abordados
Hospital Playlist
Amigos desde a graduação, cinco médicos permanecem próximos e compartilham o amor pela música enquanto trabalham no mesmo hospital.
Street Food
Os criadores de “Chef’s Table” saem às ruas nesta série de meia hora. “Street Food” leva os espectadores a algumas das cidades mais vibrantes do mundo, onde é explorada a rica cultura da comida de rua.
Podcast Kpapo
Toda segunda-feira Érica Imenes e Babi Dewet mergulham no mundo do k-pop para explorar e explicar esse fenômeno.

Normas da ABNT X Plágio:

 Vamos à parte chata mas extremamente necessária do trabalho acadêmico que é seguir as regras estabelecidas pela metodologia e normas da ABNT. Elas são necessárias não somente para garantir credibilidade ao trabalho, mas também auxiliar no processo de pesquisa. Sem essas regras as pessoas sairiam falando, sobre qualquer coisa e sem o mínimo de veracidade respaldo da realidade e mesmo assim poderia ser considerado verdade. Então aqui vão algumas indicações de livros e sites que facilitam essa parte para você.

Metodologia do Trabalho Cientifico:
Livro muito bem elaborado que resume e exemplifica todo o projeto de pesquisa e suas características.

Nem tudo que parece é: Entenda o que é Plágio:
Esta cartilha tem como objetivo de explicar aos alunos o que é exatamente o plágio, problema tão presente hoje em dia no ambiente universitário.

Metodologia Cientifica:
Uma abordagem geral, sobre a produção acadêmica e suas funções e métodos.

EduCapes
O portal põe à disposição, em seu acervo, milhares de itens educacionais abertos, como textos, livros didáticos, artigos de pesquisa, teses, dissertações, videoaulas, áudios e imagens. Todo esse material está acessível a estudantes e professores da educação básica, da superior e da pós-graduação que busquem aprimorar conhecimentos.

Centros Culturais X Orientalismo:

No post anterior falamos sobre o orientalismo e como ele pode prejudicar a veracidade de alguns pontos de vista ocidentais, mas o acesso a materiais e estudos sobre a Ásia feitos por asiáticos é muito limitado e mais limitado ainda quando o estudante não tem um conhecimento básico de inglês. Por isso tentei reunir a maior quantidade de centros culturais coreanos e de estudos sobre a Ásia no brasil para ajudar você a ter mais acesso a esses conteúdos e tentar evitar um trabalho unilateral e sem profundidade.

Centro Cultural Coreano no Brasil
O CCC, é um centro cultural que tem o objetivo de promover a cultura coreana no Brasil.
Consulado Geral da Republica da Coreia
Site oficial do Consulado da Coreia do Sul que trás diversas informações pertinentes sobre as acoes diplomáticas entre países.
Instituto King Sejong
Instituto Rei Sejong traz o ensino da língua e da cultura coreana, atra vez da parceria do instituto com as Universidades, com o objetivo de aproximar o Brasil da Coreia do Sul.
KOCIS no ISSUU
O Korean Culture and Information Service disponibiliza diversos livros revistas e fontes de informações sobre historia, cultura e diversos assuntos relacionados a Coreia do Sul.
MidiÁsia – Grupo de Pesquisa em Mídia e Cultura Asiática Contemporânea
O MidiaAsia reúne pesquisadores interessados em explorar questões relativas ao desenvolvimento da mídia no contexto dos países asiáticos e seu impacto global.
Comunidade Brasileira de Cultura Coreana
O KoreaON é uma comunidade brasiliense que visa a divulgação da cultura sul-coreana no Brasil.

Esses centros culturais muitas vezes tem filiais pelo Brasil e oferecem cursos gratuitos para a comunidade, por isso tente se informar sobre eles, vai que você encontra um perto da sua cidade e  comece a aprender coreano?!

Constante reavaliação X os objetivos não cumpridos e não aprender:

Eu tenho um problema pessoal que já me impediu de ter sucesso diversas vezes na minha vida, eu desisto fácil ao primeiro sinal de dificuldade eu perco a paixão por um projeto. Isso é problemático principalmente para um TCC, que consiste em  estudar e entender um assunto que muitas vezes ainda não foi explorado e  ter que passar por muitas áreas desconhecidas e isso é difícil. 

Por isso ter um projeto bem estruturada é imprescindível para você poder passar por isso da melhor maneira possível. Mas calma! Essa estrutura é dinâmica e não está escrita em pedra!  Como eu já falei algumas vezes, nós estruturamos o trabalho em cima de objetivos e hipóteses, e a medida que aprendemos, nossas, hipóteses vão sendo negadas e outras confirmadas. Isso vai dando forma ao projeto; por isso eu,  perante a minha experiência pessoal e a essa dificuldade de me manter motivado te aconselho a sempre que você se sentir perdido dar dois passos atrás e re estruturar todo o seu trabalho. Leia e releia suas anotações, converse honestamente com o seu orientador  sem se esquecer de sempre respeitar seus limites. 

Quem tem lido os textos do painel Como Fazer sabe que aqui, nos pregamos que  jornada que é o TCC é individual, e você já deve estar cansado de ler isso. Prometo não falar mais isso porque a partir de agora a jornada vai começar a adentrar lugares desconhecidos e muitas vezes temidos para o pesquisador de primeira viagem, na próxima postagem do Como Fazer vamos adentrar a caverna oculta do desconhecido aguardem…

"Sonhe, nós estaremos em plena floração no final dessas dificuldades." - Min Yoongi

Referencias:

1 comentário em “TCC: Uma Jornada, Parte 4”

  1. Pingback: TCC: Uma jornada, parte 7 – BAA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *