SCHOOL TRILOGY: Os aspectos fílmicos no MV de N.O

Vitória Rapallo, Flavianny Monteiro

 “Havia a verdade e a inverdade, e se você se agarrasse à verdade, mesmo que o mundo inteiro o contradissesse, não estaria louco.” (ORWELL, 1949). O que leva jovens a questionarem sua própria realidade? 

Os meios de comunicação de massa, assim como a TV, rádio, jornais e portais da Internet, são propriedades de algumas empresas, isto é, esses possuem um grande interesse em obter devidos lucros e manter o sistema econômico vigente que as permitem continuarem lucrando. De fato, vendem-se bastante filmes e seriados, músicas e novelas, não como bens artísticos ou mesmo culturais, mas como produtos de consumo que, neste mesmo aspecto, nada diferenciam-se das práticas comuns de consumo que cada sociedade é influenciada a adotar, ou seja, ao invés de contribuírem para formação de cidadãos de senso críticos, os meios de comunicação mantém as pessoas cada vez mais alienadas.

No MV de N.O é possível perceber que o mesmo tipo de “controle” que os meios de comunicação exercem no livro 1984, também é exercido  pelas autoridades (professores e policiais) sobre o BTS.

Nós pensamos sobre isso, mas simplesmente. Estamos em cima até mesmo dos nossos amigos mais chegados. De quem é a culpa. Isso é o quê? (BTS, N.O, 2013)

Figura 1 – Autoridades de N.O
Fonte: BTS, N.O, 2013

Além das  autoridades, há a escultura das mãos em concreto no MV. 

Figura 2 – Escultura das mãos em N.O
Fonte: BTS, N.O, 2013

Se analisarmos semioticamente, poderemos concluir que elas representam um controle externo sobre o BTS, isto é, as expectativas da sociedade sobre os jovens. 

Estou estudando fábrica de sinais continuam mudando placas. Adultos dizem que essa vida é fácil. Dizem que eu sou muito feliz, então por que eu sou tão infeliz? Não há nenhum assunto que não seja estudar. Há tantos outros garotos como eu lá fora, vivendo a vida como marionete. Quem cuida de mim? ( BTS, N.O, 2013)

A escultura também aparece  propositalmente em cima do BTS representando seu poder sobre eles, como se a qualquer momento fosse capaz de esmagá-los.

Figura 3  – Cenário claustrofóbico
Fonte: BTS, N.O, 2013

De acordo com Thees (2019) a educação é tão importante na Coréia do Sul que os jovens podem passar o dia inteiro estudando e se preparando para o vestibular. Atualmente a Coréia ocupa o TOP 10 em educação no ranking da OECD (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento). Por outro lado, a pressão da sociedade coreana é alarmante, pois traz consequências negativas como o aumento da taxa de suicídio e o nível de infelicidade dos alunos, dados em que a Coréia possui os piores indicadores, 

Dessa forma, a escultura das mãos representa o controle a pressão da sociedade coreana sobre os jovens, principalmente estudantes, que tentam transformá-los em marionetes que vivem os sonhos dos pais. No entanto, o BTS mostra-se infavorável a essa prática e busca mudar essa triste realidade ao confrontar as autoridades e o sistema.

Figura 4 – Batalha de N.O
Fonte: BTS, N.O, 2013

O cenário é um ambiente claustrofóbico, embora haja uma paleta de cores clara  e a ambientação cenográfica seja ampla, traz um destaque para as mãos que denota uma: dominação, autoridade e manipulação. Porém, a expressão artística criada sob a persona dos meninos, distingue-se dos “jovens manipuláveis”, na verdade representam justamente os jovens que entenderam a dominação a qual são formados e lutam contra isso, a fim de alcançar sua liberdade.  “Se a liberdade significa realmente alguma coisa, significa o direito de dizer às pessoas o que elas não querem ouvir”  (ORWELL, 1949). 

REFERÊNCIAS 

  • BTS. N.O. Seul: BigHit Entertainment, 2013
  • 1984. George Orwell – 1949. Tradução Alexandre Hubner. 34° reimpressão Editora: Companhia das Letras.  SP. 2003.THEES, Fernanda Lopes de Macedo. A educação básica e o ensino na Coreia do Sul: Valor dado aos professores é um dos principais aspectos do sistema de ensino do país. 2019. Disponível em: https://epocanegocios.globo.com/colunas/Escolas-de-negocios-pelo-mundo/noticia/2019/09/educacao-basica-e-o-ensino-na-coreia-do-sul.html. Acesso em: 22 jun. 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *