Uma Estação no Inferno

Tinta infectada de sangue e absinto

Maria da Glória Oliveira do Rosário
Revisão: Brunna Martins e Julyanna Dias 

“Antes, se bem me lembro, minha vida era um festim em que se abriam todos os corações, todos os vinhos corriam” (RIMBAUD, 1997, p. 17). O primeiro período de Uma temporada no inferno, poema escrito pelo simbolista Arthur Rimbaud, nos remete ao conjunto de vídeos que compõem a era Wings; sobretudo Reflection (2016), Blood, Sweat & Tears (2016) e Blood, Sweat & Tears – Japanese Ver. (2017).

Figura 1: Namjoon bebendo absinto.
Fonte: Big Hit Entertainment. Acesso em 01/11/2020.

No quinto short film de Wings, Reflection (2016), Namjoon nos é mostrado consumindo absinto após tatuar no antebraço o desenho de um pássaro que lhe fora enviado por Jungkook. Em Blood, Sweat & Tears (2016), Namjoon não apenas aparece com a bebida (Figura 1), mas em outras cenas também está envolto na fumaça de alguma droga (Figura 2). Sua personagem, ao mesmo tempo em que tenta negar quem é e o que fez, não conseguindo encarar seu próprio reflexo, imerge em uma existência desregrada — semelhante àquela compartilhada entre simbolistas franceses.

Figura 2: Namjoon expirando a fumaça de alguma droga que por ele foi tragada.
Fonte: Big Hit Entertainment. Acesso em 01/11/2020.

Já no music video (MV) de Blood, Sweat & Tears – Japanese Ver. (2017), Namjoon faz Jungkook consumir absinto (Figura 3); o segurando pela garganta, lhe negando qualquer escolha. Corrompido por Namjoon, Jungkook experimenta os efeitos alucinógenos advindos do elevado teor alcoólico. O rapaz chega a vomitar, tornando-se antes agressivo ao negar a ajuda de Yoongi. Naquilo que se assemelha a um prólogo em Uma temporada no inferno (RIMBAUD, 1997), Rimbaud dirige-se a Satã, mencionando que as sentenças que se seguirão estão ligadas à sua própria condenação. Tal aviso é precedido por:

Uma noite, fiz a Beleza sentar em meu colo. E achei amarga. Injuriei.
Armei-me contra a justiça.
Fugi. Ó bruxas, ó miséria, ó ódio, a vós meu tesouro foi entregue!
Consegui fazer desaparecer no meu espírito a esperança humana. 
Para extirpar qualquer alegria dava o salto mudo do animal feroz.
[...] A desgraça foi meu Deus. Me estendi na lama. 
Fui me secar no ar do crime. Preguei peças à loucura.
E a primavera me trouxe o riso horrível do idiota (RIMBAUD, 1997, p. 17-18).
Figura 3: Jungkook sendo levado por Namjoon a se embebedar.
Fonte: Big Hit Entertainment. Acesso em 01/11/2020.

Também outras cenas de Blood, Sweat & Tears – Japanese Ver. (2017) estão manchadas por uma agressividade que parece ser incitada pelo consumo elevado de substâncias. Consumo esse que está intimamente ligado à cena de comunhão em Blood, Sweat & Tears (2016) na qual Seokjin preside um banquete, brindando junto aos outros seis rapazes (Figura 4). De certo modo, é como se as perdições nas quais se inserem as personagens no MV da versão coreana da música as consumissem por inteiro no music video da versão japonesa.

Figura 4: O banquete presidido por Seokjin em Blood, Sweat & Tears.
Fonte: Big Hit Entertainment. Acesso em 01/11/2020.

Blood, Sweat & Tears – Japanese Ver. (2017) nos mostra desde uma dinâmica dual entre Yoongi e Jimin — dentro da qual, no presente, o primeiro rapaz tenta ajudar o segundo a ser salvo de um acontecimento no passado que, na verdade, foi causado pelo próprio Yoongi — até o embate em que Seokjin é estocado por Taehyung com uma garrafa de vidro. No primeiro parágrafo da parte intitulada Noite do Inferno, Rimbaud (1997, p. 33) escreve:

Engoli um senhor gole de veneno. Três vezes abençoado seja o conselho que me deram! — As entranhas me ardem. A violência do veneno torce meus membros, me torna disforme, me prostra. Morro de sede, sufoco, não consigo gritar. É o inferno, a pena eterna! Vejam como o fogo se ergue! Queimo como deve ser. Anda, demônio!

Além da relação interdiscursiva entre a era Wings e a poesia de Rimbaud, em photoshoots do The Most Beautiful Moment in Life Pt.1 nós temos citações do autor. Junto de fotografias de Jimin e Jungkook no jardim do conceito Florescence (Figura 5) há um trecho de O adormecido do vale que menciona a entorpecência após receber um tiro letal: “Os perfumes não mais excitam seu nariz; / Dorme sob esse sol, com as mãos nos quadris, / Tranquilo. Rubros furos no lado direito”.

Figura 5: Jimin e Jungkook em photoshoot do The Most Beautiful Moment in Life Pt.1.
Fonte: Big Hit Entertainment. Acesso em 01/11/2020.

Ainda no conceito Florescence há uma foto de Taehyung (Figura 6) com a seguinte citação de Canção da torre mais alta: “Deixe vir, deixe vir / O dia em que os corações amam como um só”. Ele integra a parte de Uma temporada no inferno (RIMBAUD, 1997) intitulada Delírios II e está ligado, por um lado, aos vislumbres que Taehyung tem em seus sonhos das modificações que Seokjin provoca na narrativa ao voltar no tempo. No entanto, também é uma menção ao relacionamento abusivo que a personagem de Taehyung experimenta dentro do Bangtan Universe (BU) e que em Singularity (PERRY; RM, 2018) já está a lhe tirar a voz, adoecido com o hanahaki byou — doença fictícia na qual flores sufocam até a morte aquele que ama e não é correspondido:

A dor na minha garganta fica pior
Tento disfarçar
Eu não tenho voz
[...]
Eu me joguei no lago
Eu enterrei minha voz por você
[...]
No sonho eu logo entrei
[...]
Eu me perdi
Ou ganhei você?
[...]
Mas no final, a primavera chegará algum dia
O gelo vai derreter e fluir para longe
Diga-me se minha voz não é real
 — Singularity (PERRY; RM, 2018).
Figura 6: Taehyung em photoshoot de 花樣年華 Pt.1.
Fonte: Big Hit Entertainment. Acesso em 01/11/2020.

Uma outra versão de Canção da torre mais alta é citada junto a uma foto de Namjoon (Figura 7) no Florescence: “Eu disse a mim mesmo / E que ninguém veja: / E sem a promessa / De verdadeiro êxtase. / Não deixe nada atrasar, / Isso está se escondendo”. No The Notes 1 (BIGHIT, 2019) podemos ler sobre Namjoon precisar desistir de estudar e concluir o Ensino Médio para ajudar na renda familiar e, assim, poder pagar o tratamento de seu pai. Mesmo após fugir dessa realidade, ele não consegue concluir os estudos e acaba em uma rotina de trabalho estafante. De acordo com o mostrado no jogo BTS UNIVERSE Story (2020), ele é funcionário de um posto de gasolina e realiza alguns serviços extras com o intuito de continuar ajudando seu pai. A partir do jogo também descobrimos que o dinheiro extra de Namjoon é usado na compra de livros.

Figura 7: Namjoon em photoshoot de The Most Beautiful Moment in Life Pt.1.
Fonte: Big Hit Entertainment. Acesso em 01/11/2020.

As personagens de Namjoon e Taehyung têm uma ligação no BU que é reforçada por Canção da torre mais alta. Em uma foto de Namjoon para o conceito Anxiety e em outra de Taehyung para o conceito Daydream, o poema é retomado: “Juventude Ociosa,  / Por todas as coisas escravizadas / Pela sensibilidade / Eu desperdicei meus dias. / Deixe o momento chegar / Quando os corações amam como um só”. Taehyung está adoecido de amor e, de certo modo, a personagem de Namjoon também.

Reflection (RM; SLOW RABBIT, 2016) é uma canção sobre não se aceitar, mas desejar isso, enquanto Trivia 承: Love (RM. et al., 2018) fala sobre a relação intrínseca entre amor e pessoa. É necessário que Namjoon consiga amar a si mesmo e, o fato de ainda não poder fazer isso, limita seu relacionamento com quem lhe cerca. Por isso, talvez, A eternidade seja citado apenas para ele em uma foto do Daydream. É uma estrofe sobre o mar, que no BU representa um ponto de reunião para Namjoon e os outros seis: De novo me invade. / Quem? – A Eternidade. / É o mar que se vai / Como o sol que cai”.

Em se tratando dos conceitos Daydream e Anxiety do photoshoot do The Most Beautiful Moment in Life Pt.1, as citações de Rimbaud que foram feitas quase sempre se repetem em pares, mas junto de rapazes diferentes. Para as fotos de Yoongi em Daydream e Taehyung no Anxiety, é citado O barco bêbado: “E a partir daí, me banhei no Poema / do Mar, infundido com estrelas e lactescente, / Devorando os azuis verdes; onde, flutuação pálida / E encantado, um afogado pensativo às vezes desce”.

Se por um lado Yoongi é um suicida que ateia fogo no próprio corpo, Taehyung usa a morte como uma forma de escapar dos sonhos projetados por Seokjin para lhes salvar. Em uma das fotos do Anxiety é possível ler uma anotação de Taehyung sobre sonho (Figura 8), feita enquanto ele está imerso em água dentro de uma banheira. Essa personagem comumente joga-se ao mar para, morrendo, acordar do sonho projetado por Seokjin para mudar o ocorrido no passado.

Figura 8: A anotação de Taehyung com a palavra Dream.
Fonte: Big Hit Entertainment. Acesso em 01/11/2020.

Ó estações, ó castelos é usado para uma fotografia de Namjoon no Daydream e para outra de Yoongi e Jimin no Anxiety (Figura 9). Os versos são: “Nada mais eu desejo, / Ele possuiu minha vida inteira. / Esse charme! É necessário de coração e alma / Dispersou todo o meu esforço assim”. Yoongi e Jimin têm uma ligação que se modifica a depender da linha temporal construída. Se em Blood, Sweat & Tears – Japanese Ver. (2017) Yoongi quer ajudar Jimin a se salvar, isso ocorre porque em Blood, Sweat & Tears (2016) Yoongi é quem causa a perdição da alma de Jimin (Figura 10).

Figura 9: Jimin e Yoongi em photoshoot de The Most Beautiful Moment in Life Pt.1.
Fonte: Big Hit Entertainment. Acesso em 01/11/2020.
Figura 9: Yoongi corrompendo Jimin.
Fonte: Big Hit Entertainment. Acesso em 01/11/2020.

Para Seokjin no Anxiety e Jungkook no Daydream foi usado Primeira noite: “- Ela estava muito meio despida / E grandes árvores indiscretas / Jogaram suas folhas contra a janela / Astuciosamente e perto, muito perto. / Sentada seminua na minha cadeira grande, / Ela juntou as mãos. / Seus pés pequenos e delicados / Tremeu de prazer no chão.”. Nos versos que se seguem a esses podemos ler sobre o fracasso do eu lírico diante da recusa; são linhas escritas de modo irônico, ilusório:

- Cor de cera, eu observei
Um pequeno raio de luz selvagem
Tremula em seus lábios sorridentes
E em seu seio - um inseto na roseira.
- Eu beijei seus delicados tornozelos.
Ela riu baixinho e de repente
Uma sequência de trinados claros,
Uma linda risada de cristal.
Os pequenos pés fugiram por baixo
Sua anágua: "Pare com isso, pare!"
- O primeiro ato de ousadia permitido,
A risada dela fingiu me punir!
- Suavemente beijei seus olhos,
Tremendo sob meus lábios, coitadinhos:
- Ela jogou para trás a cabeça frágil
"Oh! Vamos lá, isso está indo longe demais! ...
Escute, senhor, tenho algo a lhe dizer ... "
- Eu transferi o resto para o seio dela
Em um beijo que a fez rir
Com uma risada gentil que estava disposta …
- Ela estava muito meio vestida
E grandes árvores indiscretas lançaram
Fora suas folhas contra a janela
Astuciosamente e perto, muito perto.

Em Fake Love (2018) Seokjin observa Jungkook da janela que ele usa para projetar seus sonhos com a finalidade de salvar aos outros rapazes (Figura 10). Se antes Seokjin tentava agir só, agora ele sabe que precisa dos demais para que suas tentativas finalmente resultem em algo positivo, como é possível ler no trecho do The Notes 1 (BIGHIT, 2019) em que manipula Hoseok para salvar Taehyung:

Liguei para Hoseok no momento em que Taehyung começou a abrir a porta. […] ‘Hoseok, você pode ligar para Taehyung?’. Hoseok parou de andar. ‘Acabei de vê-lo’. Eu disse que estava planejando uma viagem para o mar para todos nós e ele deveria pedir a Taehyung para vir junto. Hoseok riu, dizendo que era claro que Taehyung iria. ‘Mas só para ter certeza, você poderia perguntar a ele e me avisar?’. Eu desliguei apressadamente. Esta é a hora. Hoseok deve entrar na casa de Taehyung (BIGHIT, 2019, p. 125-126).

Figura 10: Seokjin após ver pela janela Jungkook salvar Yoongi em Fake Love.
Fonte: Big Hit Entertainment. Acesso em 01/11/2020.

Em ‘FAKE LOVE’ teaser 1 (2018), Jungkook finalmente passa a integrar a sociedade dos marcados por Caim (Figura 11). Ele vai até o lojista e recebe a chave de acesso aos segredos que já parecem ser compartilhados por Seokjin, Yoongi, Hoseok, Namjoon, Jimin e Taehyung, porque os seis apenas repetem o ato de trocar os objetos que representavam seus medos por outros que os auxiliarão em viver de forma mais positiva. Esse teaser parece, portanto, ser aquilo que aparta as angústias somadas até a era Wings da era que se segue, Love Yourself, dessa vez focada em tentar amar a si mesmo.

Figura 11: Jungkook encontrando o lojista.
Fonte: Big Hit Entertainment. Acesso em 01/11/2020.

De modo onírico, quase alegórico, Wings potencializa as desventuras do BU ocorridas no The Most Beautiful Moment in Life. Por isso, ainda que Uma temporada no inferno (RIMBAUD, 1997) seja diretamente citada nos photoshoots do The most beautiful moment in life Pt. 1, é possível ler em Wings as mesmas nuances de perdição e excessos contidas na poesia de Rimbaud. Em contrapartida, após observar as fotografias de Florescence, Daydream e Anxiety, não só a era Wings, mas toda a narrativa do BU parece ter sido escrita em tinta infectada de sangue e absinto.

REFERÊNCIAS

  • BIGHIT Entertainment. The Notes 1: The Most Beautiful Moment in Life. Seul: beORIGIN, 2019.
  • BLOOD, SWEAT & TEARS. Direção de YongSeok Choi. Seul: BigHit Entertainment, 2016. 1 vídeo (6min03s.). Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=hmE9f-TEutc. Acesso em: 01 nov. 2020.
  • Blood, Sweat & Tears – Japanese Ver. Direção de YongSeok Choi. Tóquio: UNIVERSAL MUSIC JAPAN, 2017. 1 vídeo (4min12s.). Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=7OX7dIRReSA. Acesso em: 01 nov. 2020.
  • BTS UNIVERSE Story. 1ed. Seul: Netmarble, 2020. 1 jogo eletrônico.
  • FAKE LOVE. Direção de YongSeok Choi. Seul: BigHit Entertainment, 2018. 1 vídeo (5min18s.). Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=7C2z4GqqS5E. Acesso em: 01 nov. 2020.
  • ‘FAKE LOVE’ teaser 1. Direção de YongSeok Choi. Seul: BigHit Entertainment, 2018. 1 vídeo (1min54s.). Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=BP71K87Hp5Y&lc=UgzpgFOJqCYvp4aD-td4AaABAg. Acesso em: 01 nov. 2020.
  • PERRY, Charlie J.; RM. Singularity. Seul: BigHit Entertainment, 2018.
  • REFLECTION. Direção de YongSeok Choi. Seul: BigHit Entertainment, 2016. 1 vídeo (3min02s.). Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=wzxjM-82RW8. Acesso em: 01 nov. 2020.
  • RIMBAUD, Arthur. Uma temporada no inferno. São Paulo: L&PM Pocket, 1997.
  • RM. et al. Trivia 承: Love. Seul: BigHit Entertainment, 2018.
  • RM; SLOW RABBIT. Reflection. Seul: BigHit Entertainment, 2016.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *