LAÍS NAHARA

23, LISBOA - PORTUGAL
PSICOLOGIA

Chamo-me Laís, tenho 23 anos e nasci em Porto Velho – RO. No entanto, parte da minha infância foi vivida no estado de Goiás. Atualmente, moro em Portugal e sou estudante do Mestrado Integrado em Psicologia. Sobre mim posso acrescentar que amo Jesus, sou uma eterna apreciadora de k-dramas, k-pop, livros, arte e um bom matcha tea.

Conheci o BTS após o término de um dorama na qual despertou em mim a curiosidade por querer assistir mais e pela cultura coreana. Nessa procura por k-dramas, deparei-me com o K-pop, mais especificamente, com o Bangtan Sonyeondan. No início foi tudo muito novo para mim, ver tantos rapazes coreanos, a cantar, dançar e a fazer rapper numa mesma música era algo totalmente inesperado. 

Acredito muito na teoria onde dizem que “ O BTS entra no tempo certo na vida das pessoas”, isso foi o que aconteceu comigo. Durante uma temporada de intenso inverno, as mensagens sobre amor próprio, encorajamento e não desistir dos sonhos, foram como um abraço quentinho e muitas vezes como sussurros em forma de oração. No verão de 2019, após receios e dúvidas mas com muito apoio tornei-me army ( na verdade já era, só não queria admitir).

Durante toda essa jornada no universo bangtan, fui exposta aos MV’s, danças, teorias, harmonização vocal e referências literárias utilizadas nas músicas. Um dos pontos altos durante essa exposição foi descobrir pessoas do meio acadêmico pesquisando narrativas e construindo algo verdadeiramente significado relacionado ao BTS. Essa informação abriu meus olhos para o fato de não observar-los como sendo mais um grupo de música pop coreana, mas sentar-me e permitir que todas as mensagens por eles transmitidas fossem dignas de serem atentamente ouvidas.

O Universo Bangtan oferece um mundo de possibilidades e apoio na persistência dos seus sonhos. E fazer parte do BAA é colaborar para que mais pessoas sintam-se abraçadas e confiantes no seu percurso acadêmico.

“A razão pela qual a noite pode ser tão bonita desse jeito, possivelmente somos nós, não aquelas estrelas ou luzes brilhante” – Mikrokosmos.

B-Armys Acadêmica ® 2020. Todos os direitos reservados.

Fale conosco através do nosso e-mail:

contato@barmysacademicas.com